O sonambulismo é um transtorno do sono da classe das parassonias.

Parassonias são eventos físicos ou experiências indesejáveis que ocorrem durante o adormecer, ao longo do sono estabelecido ou no momento do despertar do sono. Elas podem ocorrer durante o sono sem movimentos oculares rápidos (sono NREM) ou no sono com movimentos oculares rápidos (sono REM).

O sonambulismo é um tipo de parassonia do sono NREM que emerge do despertar durante a fase de sono profundo de ondas lentas (sono fase N3). No sonambulismo algumas áreas do cérebro continuam com atividade compatível com sono enquanto outras mostram atividade compatível com o estado acordado de vigília (mistura de áreas ativadas com outras desativadas).

Os eventos de sonambulismo tipicamente se iniciam como despertares confusionais que evoluem com a saída do indivíduo da cama. Comportamento agitado, inapropriado, resistivo, agressivo e violento pode ocorrer. Os comportamentos podem ser simples e não direcionados a um objetivo, ou complexos e prolongados.

 

Os eventos de sonambulismo geralmente ocorrem durante o primeiro terço do período de sono, pois é nesta fase que predomina o sono de ondas lentas (sono N3), do qual emerge o episódio de sonambulismo.

O comportamento de caminhar pode terminar espontaneamente, às vezes em locais inapropriados, ou o sonâmbulo pode retornar para a cama, se deitar e continuar a dormir normalmente.

Clinicamente, o sonâmbulo se mostra desorientado no tempo e espaço, com fala lenta e arrastada, capacidade mental muito diminuída e respostas inadequadas a perguntas e solicitações.

Geralmente há amnésia para o evento: no dia seguinte a pessoa com sonambulismo habitualmente não se recordará do ocorrido.

O tipo de tratamento dependerá das características clínicas individuais do paciente e poderá, ou não, envolver medidas medicamentosas.

 
Somnambulist sleepwalker in pajamas and

Sonambulismo

Meio dormindo...

Meio acordado...